Seguidores

domingo, 15 de janeiro de 2012

À FLOR DA TERRA




Eu cá com meus botões
Despetalei tua roupa
Arei tua pele, 
Com afinco
Atirei sementes ao solo,
Aguei tua boca até o céu
Sentei à sombra 
Da terra nua
Em transe, 
Fiquei ali, 
Esperando 
O sol nascer 
Radiante
Só pra meu amor em ti
Fecundar
Germinar 
Reverdecer
E florir

11 comentários:

  1. "...esperar que de tuas sementes,
    nasça e cresça bons frutos, para
    que mais tarde, com certeza, eu
    possa voltar e colher...Fruto do meu bem
    querer!"
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Des mots et une illustration magnifiques...
    gros bisous

    ResponderExcluir
  3. meu deus essa imagem casou mt bem com o poema

    ResponderExcluir
  4. perfeição de palavras e imagem..
    beijos perfumados..

    ResponderExcluir
  5. Fabuloso! Sensacional, o que é isso! Fiquei em êxtase com sua poesia tão linda, sensata, intensa, forte, imensa! Amei de paixão o seu modo de poetizar. ÉS ÚNICO! Parabéns!
    Bravo, bravíssimo, ó poeta João Ludugero.És o cara! Vou guardar este poema no meu mural. Se me permitires, é claro, com todos os direito desse grande poeta que és! Te respeito, estimo e admiro, cada vez mais, por tua forma de brindar à gente com textos similares a este. Belíssimo! És um garnde poeta e eu nome é digno de louvor, de aplausos.
    Desculpe-me pela sinceridade, mas fiquei muito feliz de encontrar seu blog. E poder vir aqui reverdecer! Abração,
    Raoni Serra

    ResponderExcluir
  6. Leni Portugal Lemos15 de janeiro de 2012 11:11

    Teu poema é feito bálsamo, unguento para o espírito mais se evoluir! Amei cada frase, cada palavra... Tudo é a sua poesia! Abraço,
    Leni Portugal Lemos,
    Médica - São Paulo/SP.

    ResponderExcluir
  7. Santo DEUS!!!! Que texto maravilhoso! És divino em teu jeito de poetizar!!!! Adorei vir aqui e voltarei, sempre.
    Antonio Calabar Moura,
    Cineasta

    ResponderExcluir
  8. Norma Suely Fontes15 de janeiro de 2012 17:06

    Apaixonante, mesmo! Lindo poema. Ó poeta, a ti deixo loas!!! Bravo, bravíssimo! teu blog é DEZ, MIL.... Amei de paixão sua poesia de amor à terra! É isso... Me empolguei. Valeu!
    Abraço,
    Norma Suely Fontes,
    Estudante de Jornalismo.

    ResponderExcluir
  9. Fantástico! Fantástico! Lindo, assim como tudo que escreves, estais 'causando' na blogosfera! Tá todo mundo comentando acerca de teus escritos, do teu blog que arrasa!!! Parabéns! És merecedor de todos os louros e glórias! És um poetaço!
    Cláudio Leiras Lima Castro,
    Universitário - Filosofia - USP.

    ResponderExcluir
  10. Grande poeta, meu DEUS!!!Que lindo... Emocionei-me em te ler e reler... Que beleza de poema, viu? Sensacional!!!
    Santo Deus! Ó poeta como podes ser tão cativante, intenso, fenomenal, visceral! És único!!!
    Beijos.
    Maria do Carmo Lira Mendes.

    ResponderExcluir