Seguidores

quarta-feira, 14 de março de 2012

MÁSCARAS

Há máscara que impregna
de tanto ser usada, 
que acaba por se afixar, de jeito,
roubar a face, ser uma segunda pele.
É preciso coragem para não ser possuído,
dominado pelo olhar da mentira aderente
que está por trás de tal artefato.
Alguns escondem rugas, 
outros o medo da dor,  fingem fugas
do amor que não mais se sente, 
a agonia diante da solidão. 
Outrem encobre a paixão
que diz continuar sentindo, desesperado,
e ainda há os que se deixam cair com a máscara.
Há criaturas que vivem dependuradas
em aparências, agarradas ao 'já morreu'
do brilho que nunca viveram. 
O pior vem quando despencam essas máscaras,
e as caras ainda assim se empertigam na pose, 
sentadas na próxima boulangerie, 
tomando chá das cinco com biscoitos finos, 
pura massa podre.

3 comentários:

  1. Professor Nemésio Bastos14 de março de 2012 18:43

    Caro poeta Ludugero,
    Que bom vir aqui e adentrar neste espaço sensacional.
    Que belo e reflexivo texto.
    É consabido, muita gente usa, simbolicamente, máscaras. Seja para enfrentar os problemas diários, para disfarçar uma íntima dor ou para poder expor tudo o que deseja sem que saibam quem realmente é.
    Cada um sabe quando e como usar a sua máscara. É válido desde que não seja usada para o mal, para denegrir ou magoar o outro.
    Forte abraço,
    Nemésio Bastos Di Luca,
    Professor de Literatura - SP.

    ResponderExcluir
  2. Olá, poeta João Ludu,
    Assim como nos bailes de carnaval, cedo ou tarde, as máscaras caem e as verdades serão reveladas.
    Como já dizia Nietzsche "torna-te quem tu és."
    É normal querer agradar aos outros. O problema só acontece quando agradar aos outros implica sacrificar os nossos sentimentos mais profundos. Sua poesia faz refletir, pensar nisso...Olhar para si é um desafio.
    Abraço,
    Mariana Vicenzo Fernandes,
    Rio de Janeiro.
    Sou tua fã de carteirinha.
    Adoro seus poemas, a cada dia melhores. És único, original, forte, sensato, grande poeta!

    ResponderExcluir
  3. Très souvent dans la vie nous prenons des masques pour cacher notre peine...
    gros bisous

    ResponderExcluir