Seguidores

terça-feira, 2 de agosto de 2011

TINTAS DO MEU INTERIOR

Uma casinha branca,
Uma cerca verde, um jirau.
E em volta do terreiro coqueirais.
O rio Joca segue em frente...
A vida varzeana a correr no brejo,
Sem pressa ao largo
Do Vapor de Zuquinha.
E um poeta assim tão rico
De pobrezinhas e sonhador...
A viver com toda simplicidade
Ao ser feliz com seu amor,
Sem carecer de nada mais.
E em volta do alpendre – laranjeiras em flor.
E o vento a soprar a cinza do fogão a lenha,
Mantendo acesa a chama interior.
Com toda modéstia, 
Isso é que é ser tão soberano.
Tanto assim que me sinto deitar
Numa rede de sisal
A contemplar o pôr-de-sol da varanda,
Alaranjando a vida
Da gente com vigor,
Onde reina a paz tão verdadeira...
Bem ali na minha Várzea das Acácias!

25 comentários:

  1. Oi João


    Que lindo!
    Isso é que é ser tão soberano...
    Que delícia.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  2. Olá, João Ludugero, boa tarde! Ao que tudo indica, já nasceste com o dom de ser grande poeta. És um verdadeiro menestrel. E como escreves bem. E como prendes a atenção da gente do princípio ao fim dos seus magníficos poemas. Que maravilha foi te encontrar na blogosfera. Gosto demais do seu site de poesias. Quanta alegria que sinto em vir aqui. Parece que saio mais leve, mais livre e solto.
    Um dia vou ao Brazil e pretendo conhecer-te, pois te admiro muito. Posso? Manteremos contacto pelo MSM. Podes acessar minha caixa. Não posso mais te perder de vista. Fiquei fascinado por tua poesia e todas fotografias do blog. Que maravilha!
    RAWR,
    LISBOA-PORTUGAL.

    ResponderExcluir
  3. GRANDE POETA LUDUGERO!
    TU ÉS UMA BÊNÇÃO DE DEUS - ESCREVES DIVINAMENTE BEM! QUE DOM QUE TENS, Ó MENINO POETA, LINDO DE VIVER! CADA DIA MAIS FASCINADA COM TEU BLOG, PASSO AQUI PARA LER E TE DIZER QUE ÉS SENSACIONAL - DE VERDADE. EU SEI QUE EXISTES E ÉS ESTE SER HUMANO NOTA MIL. TUA POESIA É TEU MAIOR TROFÉU! ESTÁ AÍ PRA TODO MUNDO VER E LER. ÉS O CARA DA ORA! PARABÉNS!
    MARIA HELOÍSA BERNARDES SANCHES,
    PSICOPEDAGOGA.

    ResponderExcluir
  4. Poeta Ludugero, magnifico interior o seu.A simplicidade é uma virtude, muito maior, quando vem de um poeta.« uma casinha branca», diz tudo.
    Simplesmente belo. Os meus sinceros parabéns.
    Saudações poéticas.

    ResponderExcluir
  5. Olá Poeta...

    "Uma casinha branca"..."Uma cerca verde"..."coqueirais"..."O Rio Joca"..."Laranjeiras em flor"..."o vento a soprar"..."fogão à lenha"..."rede de sisal"..."da varanda o pôr-de-sol"..."onde reina a paz verdadeira"..."Várzea das Acácias"
    Poeta...
    É pra lá que eu vou,
    Desfrutar de minhas férias,
    Dessa vida mansa,
    E tão soberana,
    Trazer um pouco da Vida Varzeana!!

    Me vi lá passeando pela Várzea das Acácias, lindo poema! Amo essa tranquilidade de vida simples e mansa, jogando conversa fora, literalmente! Como todo poema que fazes colocando a tua sensibilidade poética de Alma!!
    E quem te Ler sente como guiado pelas tuas mãos de poeta, a uma viagem.
    Podes reunir teus coments e verás que é esse o sentimento.
    Mudando a prosa: os poemas sairam do forno, assadinho...rsrsrs - E obrigada pelo carinho.
    Que a tua Luz possa sempre iluminar a todos nós!
    E assim multiplicarás o retorno pra ti!
    Super Bj.

    ResponderExcluir
  6. Tem selinho pra vc no meu Blog (:

    Beijoos!!

    http://pathyoliver.blogspot.com/2011/08/600-seguidores.html

    ResponderExcluir
  7. João poeta, agradeço a DEUS todos os dias por haver te encontrado por aqui. És um bálsamo para a minha vida. Vir aqui te ler é tudo! Saio contente da vida e rejuvenescida. EU TE AMO demais da conta, menino grande poeta! Que poema lindo... Lavei a alma. Tava precisando ler uma coisa assim... Você é mesmo incrível! Nota mil! Desculpe-me ser assim toda escancarada mas você merece meu hiper mega beijaço!
    Até mais, lindão de viver!
    Foi mesmo DEUS quem fez você! Criatura maravilhosa!
    Diva Soraya Neiva,
    Santos - SP.

    ResponderExcluir
  8. Se você não existisse precisava ser inventado, digo criado, pois só tens nos dado AMOR e luminosidade com tua poesia-candeia, és um facho de luz a alumiar o horizonte da blogosfera! Lindo poeta, criatura abençoada, menino gigante.... Também queria dizer que TA ADORO!
    Suely Nogueira Morais Fernandes,
    Psicóloga.

    ResponderExcluir
  9. Teu nome é luz;
    Teu nome é sucesso!
    Sabe porque? porque abrilhantas a vida da gente com teus poemas para lá de maravilhosos. Adoro seu blog de paixão!
    Lindo poema. Me emociono sempre que venho aqui. Tu escreves bonito demais! ADOOORO!!!!!
    CARLA BENZI MEZENGA,
    Goiânia.

    ResponderExcluir
  10. SOU TEU FÃ CADA DIA MAIS!
    SUCESSO, MUITO SUCESSO EM SUA VIDA!
    ÉS MERECEDOR DE TODAS AS LOAS!
    HIPER ABRAÇO,
    JOÃO BOAVENTURA MELLO,
    POETA.
    TÔ TE SEGUINDO. JÁ!

    ResponderExcluir
  11. Tu sabes ser soberano na medida do teu coração!
    Gosto do teu blog e da tua poesia. Sensacional! Continues assim com toda essa potência em poetizar a vida e tudo que nela há. És grande, ó menino poeta! Parabéns! Lindo texto.
    Abraço,
    Moacir Guerreiro Muilaerte,
    São Paulo/SP.

    ResponderExcluir
  12. A Simplicidade de ser e a forma com que escreves, tudo isso é uma forma abrangente de nos envolver e nos prender do começo ao fim dos seus poemas que são mesmo magníficos. sabes muito bem dosar as tintas do teu interior. Por sinal, lindo interior o seu. Belíssimo poema!
    Nilva de Fátima Vanucci,
    Fisioterapeuta em Brasília.

    ResponderExcluir
  13. Poeta João Ludugero,
    Tuas letras são mesmo soberanas, de primeira qualidade - tens categoria ímpar ao escreveres até sobre os mais simples temas. És bonito por natureza, de nascença! Mega abraço,
    Lauro Emanuel Muniz.
    Escritor.

    ResponderExcluir
  14. Toda magia da simplicidade traduzida nos seus versos de singular riqueza. És único! de verdade, vais longe com teus textos iluminados. És mesmo um grande poeta! Abraços sergipanos,
    Cauê Martins Vilanova,
    Surfista e Estudante de Letras.

    ResponderExcluir
  15. Pelo que pude observar, e comprovar, é que tens uma legião de seguidores e que te AMAM de verdade... E declaradamente! Isso é bonito demais. Sabe o que é isso? resultado do que emana teu coração de poeta: só coisas boas! Tu é mesmo lindo, por dentro e por fora. DEUS que te guarde assim. Sou tua seguidora e estou muito feliz depois que descobri seu site. Hoje não fico mais sem vir aqui, estou viciada em te ler. Quem manda escreveres gostoso assim... É verdade sabes fazer gostoso e isso é simplesmente o máximo: me ganhas, além de arrebanhar um montão de amigos pelo mundo afora, mesmo que virtuais! Isso é lindo!
    EU TE AMOOOOO!!!!
    Gisele Martins Queiroz,
    Servidora pública - Câmara Legislativa-DF.

    ResponderExcluir
  16. PEDRO MIGUEL ROMÃO, modelo disse...

    Eu me chamo Pedro Miguel Romão e sou modelo. Tenho estudado muito e trabalhado mais ainda para crescer, ser alguém na vida. Estou no batente, lutando com toda garra para chegar lá. E chegarei com certeza, pois não meço esforços para ser um cara vitorioso.
    Peço minhas desculpas por me abrir assim e trazer detalhes da minha vida a ti, mas me achei próximo, e queria te dizer que és um exemplo de força e perseverança. Tua escrita repassa isso. Leio todos os coments e fico ainda mais admirado em ver como todo mundo te quer bem, admirando-o.
    Descobri seu site através de um amigo com quem fiz um ensaio para propaganda. Adorei vir aqui conhecer teu blog e já vou correndo te seguir. Tu me colocas com o astral lá no alto, pois és um entusiasta da poesia. Gosto dos seus textos. Tudo que li e reli é supimpa demais. Muito bons! Sucesso. Sou teu fã. Abraços,

    PEDRO MIGUEL, seu fã e Amigo.
    Assim me considero. Risos!
    3 de agosto de 2011 15:01

    ResponderExcluir
  17. FANTÁSTICO!
    ADOREI. CADA DIA ESCREVES MELHOR.
    AMEI, AMEI SEU POEMA.
    CARINHOSAMENTE,
    CAMILA DORNELES

    ResponderExcluir
  18. Felicidade tem um nome: João Ludugero!
    És surpreendente, ó poeta lindo de viver!
    Lindo poema. Simples e belo como você, que é gostoso demais de ler. Bom dia, vida!
    Marianne Vilar de Lira,
    Poetiza.

    ResponderExcluir
  19. LUÍS GOMES BITTAR disse...
    Sorria, poeta a vida é isso: viver de bem com ela, a cada novo dia, a cada amanhecer. Sorria, menino poeta mais amado. A alegria está nas suas linhas, e o teu coração é grande demais pra caber toda essa legião de fãs que te amam! Eu sou um deles e não te perco mais de vista. És um poetaço!
    Seu admirador de carteirinha,
    Luís Gomes Bittar,
    Jornalista.
    4 de agosto de 2011 05:59

    ResponderExcluir
  20. Toda alma de um poeta exposta num poema simples, aconchegante, assim como deveria ser tudo na vida, com simplicidade e magnitude. Sou apaixonado por seu blog, sabia, poeta Ludugero? Já te sigo e sou fissurado em tua poesia livre, leve e solta.
    És mesmo magnífico! Sucesso, alegrias duradouras e meus sinceros parabéns por este blog fantástico.
    EDUARDO CAIXETA BORGES,
    Médico - Brasília/DF

    ResponderExcluir
  21. Poeta João Ludugero,
    Queres casar comigo? Queria ser um pedacinho de você, pois és lindo de viver e emanas tanta alegria. Queres casa, comida e roupa lavada? Casas comigo, terás a mim e a minha alma, integralmente. Moro em Brasíla há algum tempo e quem sabe como também estais domiciliado aqui, quem sabe não cruzamos nossos caminhos numa hora dessas. E aí, se estais sozinho e precisares de um ombro, penses no assunto, queres mesmo casar comigo? Insisto, sim, quem sabe dará certo te conhecer... Risos!
    Volto a te contactar por aqui.
    Mega beijo.
    (D.M.P.S): Guarde bem estas iniciais!
    Voltarei.
    Adoro te ler todos os dias.

    ResponderExcluir
  22. Ahaaa! Se é para casar, eu também quero!!! Quem não daria tudo para fisgar um peixão feito esse poeta lindo de viver? Pena que ele nem me conhece. Mas o destino se encarregará. O que tiver de ser, será. Me conformo em ler seus poemas pra lá de magníficos. Mas não desisto de querer entrar na fila. Kkkkkkk!!!!
    Belo poema. Adorei.
    Cláudia Belinatti da Cruz.
    Asa Norte - BSB-DF.

    ResponderExcluir
  23. Poeta J. Ludu Gero,
    Seus textos são mesmo incríveis, até os mais simples. Tua imaginação é sem paradigmas. Parabéns, hoje, amanhã e sempre. Sou teu seguidor, com toda alegria de vir aqui só pra te ler. Belíssimo o seu blog.
    José Alvarenga Campos Jr.
    Cuiabá-MT.

    ResponderExcluir
  24. Parabéns!
    Gostei muito de seus trabalhos, ainda não vi todos, mas estou vendo aos poucos.
    Valeu muito a pena ter visitado seu blog!
    obrigado pelo seu comentário com o endereço!
    Abraço, e grandes energias de renovação!
    Boa noite!

    ResponderExcluir
  25. Um poema para ler, reler e se emocionar.

    ZZ

    ResponderExcluir