Seguidores

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

ENTRE NÓS DESATADOS



Com os pés no chão, viajo
Deixo o coração ir longe
Giro perto do sol, 
En/girassol/arado
Ilumino pingentes de lua.
Via-lacteado me estrelo no azul
Só pra me achar nas nuvens
Após ganhar o mundo 
Por um beijo teu...
Cometo loucuras no céu
Da tua boca, falo tua língua 
Fluentemente consentido a ler tua alma
Destravo as trevas, acendo chamas,
Muitos afetos trocamos na vida, 
Alegrias e dores bem guardadas
Juras de amor sem segredos, 
Dribles na solidão 
De sermos apenas dois,
Descomposturas e quereres afoitos,
Sem a polícia andar atrás da gente.
Em doces murmúrios de partida
Conforto e alegrias nas chegadas,
Doce deleite em camas separadas.
E assim se vislumbra a felicidade
Ora desatada sobre nós!

Um comentário:

  1. Rien de tel que le bonheur...
    d'aimer et d'être aimé...

    Gros bisous.

    ResponderExcluir